Alívio em meio à dor

| 14/11/2015 - 00:00


14_Africa_0270100454

Em outubro de 2013, homens não identificados atacaram cristãos na Tanzânia. Eles mataram Elias, um líder de jovens de 35 anos. O ataque também deixou outros dois feridos. Logo após o incidente, a Portas Abertas visitou a viúva de Elias, Mary, para incentivá-la. Em seguida, cristãos de alguns países iniciaram uma campanha de cartas destinadas a ela. No total, Mary recebeu mais de 4 mil cartas de todo o mundo.

Mary louva o Senhor por seu amor e provisão para ela e seus filhos. Ela ficou sem palavras ao ver as cartas e disse emocionada: ""Que Deus abençoe cada um que orou por nós! A todos que enviaram uma carta ou cartão, eu quero que vocês saibam que eu estimo seu gesto. Eu respeito e aprecio verdadeiramente a mensagem de amor, preocupação e unidade. Vocês me provaram que sentiram a minha dor. Suas palavras também mostram que eu sou amada e cuidada, que eu tenho sido motivo de oração para os irmãos de todo o mundo. Essa sensação é indescritível!""

Ela continua: ""O que passei foi realmente difícil. Eu pensei que jamais iria me recuperar... Só o fato de eu estar aqui já é um milagre. Eu louvo a Deus por isso.""

Desde a última visita da Portas Abertas, Mary se mudou para uma nova casa, achando muito difícil superar sua perda na casa que ela vivia com Elias.

O caso não foi esclarecido até hoje, mas os cristãos locais acreditam que o ataque está ligado ao Estado Islâmico. A polícia não concluiu sua investigação sobre o assassinato. Contudo, Mary confiou esse assunto nas mãos de Deus: ""Alguns suspeitos foram presos e acusados ??no ano passado. O caso ainda está em andamento, mas que seja feita a vontade de Deus.""


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE