Atuação efetiva na reconstrução da Síria

Trabalho realizado por meio da sua contribuição permite a reconstrução das vidas dos cristãos locais

| 22/07/2018 - 00:00

Grande parte do orçamento destinado aos sírios foi usada em ajuda emergencial (Foto representativa)

Grande parte do orçamento destinado aos sírios foi usada em ajuda emergencial (Foto representativa)


Na Revista Portas Abertas deste mês mostramos histórias de famílias na Síria que estão recomeçando suas vidas. Roger*, o coordenador da Portas Abertas no país, compartilhou um pouco sobre o trabalho que vem sendo realizado. “Eu estou muito impressionado com os líderes das igrejas na Síria. Eles dizem ‘Deus nos chamou, nós sabemos que devemos estar aqui’. E temos visto grande coisas acontecendo. Entre elas, pessoas buscando a fé e muçulmanos se convertendo. Os líderes das igrejas arriscam suas vidas, mas isso tem um impacto nas pessoas”, ele conta.

O trabalho de ajuda da Portas Abertas na Síria teve início em 2008, porque já havia perseguição a cristãos ex-muçulmanos e discriminações contra as igrejas. No mesmo ano, com a crise no Iraque, muitos refugiados vieram para o país. As igrejas entraram em ação por meio de ajuda emergencial e treinamento pós-trauma. Entre as primeiras ações da Portas Abertas no país estão a distribuição de Bíblias e lieratura cristã e alguns discipulados para cristãos de igrejas domésticas.

Em 2010, foi realizada uma conferência de oração que reuniu 450 líderes e membros de igrejas. O Irmão André, fundador da Portas Abertas, esteve presente e falou sobre os custos de seguir a Jesus. Isso aconteceu apenas alguns meses antes da guerra começar. No inverno de 2010/2011, a chamada Primavera Árabe foi manchete pelo mundo. Em março de 2011, os sírios foram às ruas e em breve os protestos se tornariam violentos. A igreja de Homs pediu ajuda e naquele período a Portas Abertas era a única com uma rede ampla no país.

Os esforços para ajudar os desabrigados cresceram ao longo dos anos. A maior parte do orçamento foi destinada para ajuda emergencial e projetos de reconstrução. Outra ajuda importante foi a atuação dos parceiros. “Nossos apoiadores têm encorajado os cristãos. Reuniões de oração nas igrejas, iniciativas de pastores, campanhas de conscientização. Tudo isso tem encorajado a igreja na Síria. Eles se alegram porque não foram esquecidos”, explicou Roger. Além disso, muitos estiveram ao lado dos irmãos sírios por meio de ajuda financeira e envio de cartões.

Uma questão de sobrevivência
Você também pode ajudar na reconstrução da vida de cristãos da Síria, permitindo que continuem no país. Tendo onde morar e com as necessidades básicas supridas, esses irmãos poderão ajudar no papel de reconstrução da nação. Por meio da sua doação, eles receberão itens de primeira necessidade para que experimentem a cura necessária para um recomeço.

Pedidos de oração

  • Agradeça a Deus pela vida dos cristãos que permaneceram na Síria e por aqueles que estão voltando e reconstruindo as cidades.
  • Ore para que depois de se instalarem, os cristãos tenham condições de se desenvolver, com educação e trabalho.
  • Clame pelo fim da guerra e para que tenham paz e justiça. Peça por um ambiente em que cristãos possam desfrutar de igualdade e respeito.

* Nome alterado por segurança.

Leia mais
Tornando os fardos mais leves
A realidade dos cristãos na Síria hoje


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE