Bangladesh: cristão é atacado e expulso de casa por crer em Jesus

Jashim foi ameaçado de morte e sua esposa e filhos precisaram se esconder

| 23/05/2022 - 16:30

Parentes não aceitaram o abandono do islamismo e agrediram o cristão por isso

Parentes não aceitaram o abandono do islamismo e agrediram o cristão por isso


Jashim Uddin, 25 anos, se converteu a Jesus e foi batizado em 2021. Ele é pedreiro e tem mantido uma vida cristã exemplar. Logo depois da sua conversão, estava disposto a levar alguns amigos a Cristo e compartilhar as boas novas do evangelho em Bangladesh. Mesmo sem ter estabilidade financeira, Jashim, sua esposa e os três filhos eram contentes com o que tinham. 


No entanto, em 14 de maio de 2022, ele foi atacado em sua casa, na cidade de Jhenaidah, Sudoeste de Bangladesh. Parentes o agrediram por ter se tornado cristão e participar de um centro cristão de alfabetização de adultos. 
 


No começo, queriam que ele renunciasse a Jesus e voltasse ao islamismo, mas Jashim se recusou a fazer isso. Ele disse: “Jesus é meu salvador e Senhor. Eu tenho direito de escolher e praticar minha fé. Vocês não podem me forçar a fazer o que quiserem. Eu não renunciarei a Jesus e não abandonarei minha fé nele”.
 


Atacado por não renunciar a Jesus
 


Suas palavras deixaram os agressores irados. Eles esfaquearam e bateram nele, jogando-o no chão. Algumas pessoas seguraram suas mãos e pés, outras tentaram estrangulá-lo e esfaqueá-lo. A esposa e os filhos se esconderam e não foram localizados. 
 


Em torno de 50 pessoas atacaram Jashim, que estava sozinho. As pessoas ao redor olhavam curiosas o incidente, mas ninguém ousou se aproximar ou tentou impedir o ataque. Ele conseguiu escapar para a casa do líder da igreja e explicou, com a voz trêmula, o que tinha acontecido. Jashim foi levado ao hospital e teve suas feridas tratadas.
 


Assim que voltou para casa, depois das ameaças, a polícia estava esperando em sua residência. Como as denúncias eram relacionadas à conversão ao cristianismo, ele foi ridicularizado e os policiais negaram as medidas de proteção. 
 


Depois que eles saíram, os agressores voltaram e atacaram Jashim novamente. Dessa vez, a agressão foi pior do que a anterior e ele foi expulso de casa. O cristão foi levado ao hospital com ferimentos graves e fala incoerente. Os familiares de Jashim ameaçaram matá-lo se ele voltasse para casa e sua esposa e seus filhos continuam desaparecidos.
 


Água para Bangladesh 


Cristãos de origem muçulmana como Jashim são discriminados e perdem os itens básicos para sua sobrevivência, como acesso à água. Com uma doação, você auxilia na construção de um poço artesiano para famílias cristãs em Bangladesh.
 


 Pedidos de oração
 

  • Interceda pela recuperação física e mental de Jashim. Que ele não tenha sequelas permanentes. 
  • Peça a Deus proteção para a esposa e os filhos de Jashim. Que sejam encontrados para que a Portas Abertas os ajude. Que essa situação os aproxime do Senhor e encontrem abrigo nele. 
  • Ore pela igreja e cristãos locais para que sejam fortes e enfrentem a situação com sabedoria. Que não apelem à violência e andem conforme as Escrituras.



     

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE