Conversões ainda são assunto sensível na Índia

Se tornar cristão no país é ilegal e os responsáveis podem ser punidos de acordo com a legislação local

| 04/07/2019 - 06:00

Os novos convertidos são muito perseguidos em toda a Índia por causa das leis do país

Os novos convertidos são muito perseguidos em toda a Índia por causa das leis do país


Mudar de religião é um assunto sensível na Índia. Conversões ao cristianismo são bastante suspeitas entre a maioria hindu, pois acreditam que as mesmas são obtidas por meio de promessas de dinheiro ou algum outro incentivo não espiritual. Desde a eleição do governo nacionalista hindu de Modi, em 2014, muitos novos cristãos são reunidos em “recepções”, cerimônias destinadas para “reconvertê-los” ao hinduísmo.

Em uma entrevista em junho com o portal The Print, com base em Nova Délhi, o membro do gabinete do primeiro-ministro, Pratap Chandra Sarangi foi diretamente confrontado com a questão: “Qual sua visão sobre conversão?”, perguntou o repórter Moushumi Das Gupta.

“Conversões ocorrem em todas as partes do país por fraude, força ou sedução. Isso é ilegal e sujeito a punição pela lei. Supondo que alguém ajude uma garota em uma faculdade de medicina ou engenharia e deseje se aproveitar dela fisicamente. Isso seria tratado como um crime, um ato desumano. Da mesma forma, se alguém quer converter ou explorar a crença de alguém oferecendo algum serviço ou dinheiro, então isso também deve ser tratado como um crime – um crime contra a natureza, um crime contra a humanidade”, respondeu Sarangi.

Campanha Global Índia
Por opiniões como a de Sarangi, os novos convertidos são muito perseguidos no país. Como consequência disso, os cristãos geralmente lidam também com diversos tipos de necessidade. Para isso, enviamos equipes de resposta rápida – formadas por voluntários – que oferecem alimentos, itens de necessidade básica, ajuda na renda e assistência jurídica. Com uma doação você patrocina uma equipe de resposta rápida por cerca de um mês.

A Índia é a 10ª colocada na Lista Mundial da Perseguição 2019 e o principal tipo de perseguição no país é o nacionalismo religioso. A população é de 1,35 bilhão de pessoas, das quais 72,5% são hindus, 14,4% muçulmanos, 4,8% cristãos e 3,8% acreditam em religiões étnicas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE