Cristã iraniana compartilha sobre dificuldade em criar os filhos

Darya*, uma mãe solteira e líder de igreja doméstica compartilha sobre sua vida e jornada com o Senhor

O Irã é um país onde o reino de Deus está se expandindo de forma explosiva, com muitos iranianos vindo a Cristo e encontrando o caminho para uma igreja doméstica. Ser membro de tal igreja é um negócio arriscado, afinal você pode ser preso. Mas como é ser cristão no Irã? Nós iremos acompanhar a jornada de Darya*, uma dessas cristãs. Ela é mãe solteira e líder na igreja e compartilha sobre seus filhos.

Saudações queridos companheiros e servos do Senhor. Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo esteja continuamente com vocês. Meu nome é Darya e vou compartilhar sobre minha vida com vocês. Eu tenho dois filhos e trabalho em um escritório em meio período. Também conduzo uma igreja doméstica. Mas hoje, quero compartilhar sobre meus filhos e como os criei como cristãos.

Meu filho, Reza*, ora por salvação, mas não tem interesse em participar de estudos sobre o cristianismo ou ler a palavra. Seu relacionamento com Deus parece ser cheio de raiva e fragilidade. Reza se preocupa muito com o pai, o mundo e mesmo com Deus. Por outro lado, eu me preocupo com meu filho. Tenho medo que essa raiva dele esteja apenas crescendo. Peço que orem comigo por ele. Não é fácil encontrar a ajuda pastoral certa para ele no isolado cenário das igrejas domésticas do Irã.

Minha filha Sara* também é cristã. Ela tem um bom relacionamento com Deus, participa de ensinos na igreja doméstica e está em contato com nosso pastor. Minha filha e eu temos alguns problemas em nosso relacionamento. Por muitos anos, enquanto ela morava com o pai, nem mesmo nos víamos. Mas com a presença do Senhor Jesus Cristo, nosso relacionamento está sendo restaurado e ficando mais profundo. Eu me preocupo com a influência da família do pai sobre ela. Eles não são cristãos e seu comportamento não é bom. Tenho medo que ela se machuque. Orem também por minha menina.

Eu não tenho acesso a todo o material para pais cristãos que vocês têm no ‘mundo livre’, mas meu pastor me aconselha e eu sinto o conduzir do Senhor. Faço meu melhor para criar e ensinar meus filhos de forma bíblica, mesmo em um país cheio de perseguição. Peço a Deus que eles possam andar de forma saudável. É isso o que eu quero compartilhar com vocês hoje. Sou grata a vocês! Seu apoio e orações fortalecem nossos corações e nos ajudam a seguir em frente com esperança, sem desistir. Que o Senhor dê a vocês nova unção e porção dobrada de sua força todos os dias.

*Nomes e algumas informações foram alterados por razão de segurança.

Pedidos de oração