Governo argelino impõe altas multas a cristãos

Dois irmãos tiveram pena de prisão cancelada, mas receberam multas exorbitantes e apelarão novamente

| 21/03/2018 - 00:00

Na Argélia, cristãos são pressionados a não pregar o evangelho

Na Argélia, cristãos são pressionados a não pregar o evangelho


O governo da Argélia foi criticado por discriminação contra a minoria cristã do país. Desta vez a crítica foi provocada pelas altas multas dadas a dois irmãos que carregavam cerca de 50 Bíblias no carro. Essa história remonta a março de 2015, quando o carro dos dois irmãos, Nouredine e Belabbes Khalil, foi parado pela polícia. Eles foram detidos por carregar 56 Bíblias e foram interrogados sobre a origem dos livros e sobre o que iam fazer com eles. Eles disseram que as Bíblias eram para uso da igreja local, que é liderada por Nouredine. Eles foram, então, liberados e as Bíblias, devolvidas.

No entanto, o caso foi posteriormente encaminhado para um promotor e as ações legais contra os irmãos começaram. Então, em dezembro de 2017, cada um foi condenado a dois anos de prisão e a pagar uma multa de 50 mil dinares (a moeda local), o equivalente a quase 1.500 reais. No entanto, eles apelaram da sentença e tiveram uma audiência em Tiaret, a cerca de 300 quilômetros da capital, Argel. Na audiência de apelação, no último dia 8, o juiz derrubou a pena de prisão, dando apenas uma suspensão de três meses para cada um, mas dobrou o valor da multa – que ficou em quase 3 mil reais para cada um.

Subentende-se que eles foram condenados sob uma lei de 2006, que regula as atividades religiosas não-muçulmanas. Essa lei proíbe a impressão, estoque e distribuição de material que possa “balançar” a fé de um muçulmano. Há outros casos semelhantes a esse parados no país. A Igreja Protestante da Argélia, associação que reúne 45 igrejas evangélicas no país e reconhecida pelo governo desde 1974, delegou um grupo de advogados para ajudar os dois cristãos a fazer outro apelo e tentar reverter o veredito das altas multas. Ore para que a justiça do Senhor seja feita na vida de Nouredine e Belabbes e pela Igreja Perseguida da Argélia no geral.

Leia também
Mais duas igrejas são fechadas na Argélia
Cristãos estrangeiros são expulsos do país


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE