Líder cristão é morto em igreja na Nigéria

Além disso, diversos fiéis também foram sequestrados durante culto no estado de Katsina no último domingo

Portas Abertas • 16 jan 2023


A violência aos cristãos na Nigéria cresce a cada ano e cada vez mais igrejas são atacadas e incendiadas

A violência aos cristãos na Nigéria cresce a cada ano e cada vez mais igrejas são atacadas e incendiadas

Ontem, 15 de janeiro, membros do grupo radical Boko Haram atacaram a Igreja Católica de São Pedro e São Paulo, em Kafin-Koro, no estado do Níger, Norte da Nigéria. Eles incendiaram o prédio da igreja, queimando até a morte o líder cristão Isaac Achi, que foi preso do lado de dentro. Outro líder local, Collins Omeh, escapou, mas teve ferimentos a bala e recebe tratamento no hospital.


Achi foi ordenado em 7 de janeiro de 1995, se tornando o primeiro líder cristão nativo de Gbagyi e Koro. Ele atuou em diversas igrejas e também era o presidente do grupo local da Associação Cristã da Nigéria (CAN, da sigla em inglês).


De acordo com o Centro Internacional de Informação Investigativa (ICIR, da sigla em inglês) da Nigéria, Achi era o líder da Igreja Católica de Santa Teresa em Madalla, também no estado do Níger, quando a mesma foi bombardeada em 25 de dezembro de 2011 por terroristas do Boko Haram. No total, 44 pessoas morreram no ataque. Ele também foi ferido a bala na mandíbula durante um batizado em 2012. E, em fevereiro de 2013, ele foi sequestrado pelo Boko Haram, porém resgatado pela polícia.


Sequestros em Katsina

Também no último domingo, militantes fulanis atacaram a Igreja Nova Vida para Todos na área do governo local de Kanrara no estado de Katsina. Os relatos sobre o incidente ainda são conflitantes. De acordo com o relato do jornal ThisDay, terroristas chegaram em motos e atacaram a Igreja Nova Vida para Todos e sequestraram pelo menos 25 fiéis.


O assistente especial sênior de assuntos cristãos para o governador Aminu Bello Masari, o reverendo Ishaya Jurau, disse à mídia: “Bandidos atacaram a Igreja Nova Vida para Todos hoje (domingo) por volta das 10h. Eles sequestraram 25 fiéis e deixaram o pastor da igreja ferido enquanto ele conduzia o culto da manhã”.


Já uma fonte anônima confirmou ao jornal Vanguard o ataque dentro da igreja, porém afirmou que oito fiéis foram sequestrados, sendo “seis mulheres casadas e duas solteiras”. “Os bandidos vieram em nove motos e cercaram a igreja. Então começaram a forçar os membros a saírem, mas o pastor tentou impedir. Então, eles o agrediram, quebrando a perna dele e desaparecendo com seis mulheres casadas e duas solteiras das dependências da igreja”, a fonte que quer permanecer anônima confirmou.


Entretanto, Bello Bello, presidente da polícia comunitária, refutou o relato e disse que os responsáveis pelo ataque sequestraram cinco mulheres a caminho da igreja.


Pedidos de oração

  • Peça pelo conforto do Senhor para todos os afetados pela morte de Isaac. Ore também por uma rápida recuperação para Collins.
  • Clame para que as mulheres sequestradas em Kankara, independente de qual o número exato, sejam soltas rapidamente. Peça pela graça de Deus sobre elas enquanto enfrentam essa provação e que ele também mostre sua misericórdia aos membros da família que aguardam a soltura.
  • Permaneça em oração pela situação da segurança na Nigéria, principalmente, já que o país se prepara para as eleições em fevereiro. Ore para que as autoridades tomem as precauções necessárias para proteger os civis enquanto se preparam para votar.

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco