Líder cristão egípcio escreve poema em homenagem a cristãos martirizad

| 03/03/2015 - 00:00


03_Egito_0340100456

O texto que segue é uma tradução livre.

Duas fileiras de homens caminhavam à beira do mar
Um dia em que as lágrimas do mundo iriam correr livres
Uma fileira de assassinos, que pensavam estar fazendo o certo
A outra de inocentes, os verdadeiros filhos da luz

Enquanto os homens de uma seguravam facas com as mãos erguidas
Os outros estavam com as mãos vazias, indefesos e amarrados
Uma fileira de rostos vendados para esconder o brilho da morte nos olhos
A outra com rostos livres, cujos olhos estavam levantados para o céu

De um lado, homens de pé, portadores da morte
Do outro, homens ajoelhados, pronto para irem ao céu
Enquanto uns gritavam ameaças desprezíveis
Outros testemunhavam a paz e o descanso dados por Deus

Uma pergunta...
Quem teme o outro?
A fileira vestida de laranja, observando o paraíso aberto?
Ou a linha de preto, com mentes malignas e perdidas?

Diante de situações como essa, o que os cristãos perseguidos têm a dizer sobre o terrorismo? Veja aqui.

Leia também
Cristãos egípcios sequestrados em dezembro são mortos por Estado Islâmico


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE