Líderes cristãos ainda são ridicularizados pelos vizinhos

| 06/12/2016 - 00:00


pastor-sri-lanka

Sri Lanka não faz mais parte da Classificação da Perseguição Religiosa, mas ocupava a 29ª posição em 2014, e em 2015, a 43ª. Isso não quer dizer o fim da violência contra os cristãos no país, embora o cenário seja um pouco melhor para a igreja. Comunidades locais continuam a atacar templos e locais de culto.

Monges ainda invadem locais frequentados por cristãos e destroem tudo o vêm pela frente. Muitos líderes ainda são ridicularizados e ameaçados pelos próprios vizinhos, simplesmente por continuarem a realizar atividades religiosas. Por isso, os cristãos no Sri Lanka fazem um apelo à igreja livre de perseguição, pedindo para que orem por eles e intercedam para que permaneçam firmes em sua fé e que suportem a pressão vinda de outras religiões.

Eles confessam também que estão cansados e que precisam ser revestidos da força do Espírito Santo para seguirem em frente nessa batalha. Yamini é advogado no Sri Lanka e defenda vários cristãos que foram perseguidos por causa de sua fé. Lembre-se de orar por ele também, para que Deus lhe dê sabedoria e estratégia para lidar com todos os casos que estão em suas mãos.

Leia também
Cristãos do Sri Lanka ainda sofrem com a perseguição target=_blank>Cristãos do Sri Lanka ainda sofrem com a perseguição
De monge a líder cristão target=_blank>De monge a líder cristão


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE