Obreiro cristão é atacado por extremistas

| 28/08/2006 - 00:00


Na noite de 19 de agosto, Santu Adhikary, de 33 anos, que trabalha para a organização Vida Cristã Bangladesh (CLB, sigla em inglês), foi atacado por quatro terroristas não identificados em Bowfal, no distrito de Patuakhali, ao sul de Bangladesh.

Quatro terroristas mascarados agarraram Santu à força, enquanto ele estava em sua bicicleta. O telefone celular e a bicicleta foram levados (a bicicleta foi devolvida mais tarde). Os agressores demonstraram habilidade no ataque, ferindo Santu gravemente, mas deixando poucas contusões visíveis. Os moradores da vila acharam que ele ia morrer quando o encontraram inconsciente perto de um bosque. Os dois supervisores de Santu o levaram às pressas ao Hospital da Faculdade de Medicina de Barisal, onde ele permaneceu inconsciente por dois dias.

Santu Adhikary é ex-brâmane (membro da alta casta sacerdotal hindu), de Dhamshar de Barisal. Muitos brâmanes locais estavam contra sua conversão ao cristianismo. O diretor da CLB afirmou: "O ataque foi motivado por razões religiosas e os brâmanes hindus encorajaram o grupo terrorista local a atacar Santu".

Obreiro corajoso

Santu é conhecido por sua coragem em executar suas tarefas como colaborador da CLB em Patuakhali, incluindo realizar um trabalho com as pessoas depois que elas assistem ao filme "Jesus". Meses antes do ataque, Santu recebeu ameaças e o escritório da CLB considerou a hipótese de transferi-lo para outra região.

Muitos dos membros da equipe da CLB achavam que Santu não sairia vivo do hospital. Para surpresa de todos, ele recuperou a consciência depois de dois dias e recebeu alta do hospital. Os médicos recomendaram que Santu ficasse um mês de repouso, sem trabalhar.

Dois outros trabalhadores da CLB, Tapan Kumar Roy e Liplal Mardi, foram assassinados no distrito de Faridpur, em 27 de julho de 2005, depois de terem recebido ameaças de extremistas islâmicos por exibirem o filme "Jesus" (leia aqui)

Pedidos de oração:

 Por Santu - Ore por sua completa recuperação. Ore também por proteção de mais ataques.
 Pela esposa e filho - A família de Santu teme que a agressão continue. Ore pela proteção de Deus e que a paz esteja com eles todo o tempo.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE