Quatro cristãos são assassinados em novembro no Departamento de Huila

Em menos de um mês, quatro líderes cristãos foram assassinados por um grupo armado no Departamento de Huila. Todos eram da igreja Alianza Cristiana do distrito de Santana Ramos.

Farley Cortés, 28 anos, foi assassinado em 5 de novembro na vila Plumeros. Ele foi morto em sua própria casa por volta das 8 horas, enquanto preparava seu café da manhã.

Seu corpo foi encontrado aproximadamente uma hora depois, sentado em uma cadeira com quatro perfurações de bala.

Hermes Coronado Granado, 28, morreu em 8 de novembro no distrito de Santana Ramos. Segundo notícias, ele foi baleado pelo mesmo grupo armado.

Segundo sua esposa, Nayedit Ramirez, alguns homens foram à sua casa às 5 horas para pedir orientações a Hermes. Eles pediram para acompanhá-los a fim de lhes mostrar o caminho.

Por volta das 7 horas, Nayedit se levantou e percebeu que Hermes não havia voltado. Procurou-o pela fazenda, mas sem encontrá-lo.

No dia seguinte, um caminhoneiro disse a Nayedit que ele havia levado o corpo de Hermes ao necrotério de Algeciras, o município mais próximo.

Dez dias depois, Dora Lilia Saavedra¸40, e Ferney Ledezma, 35, foram mortos pela mesma guerrilha.

Os dois estavam na escola onde Dora lecionava quando foram raptados. Os guerrilheiros prenderam-nos pelas mãos e pelos pés e dispararam várias vezes contra o casal.

O governo está investigando as mortes. O Departamento de Huila se enocntra em uma área historicamente conhecida pela sistemática perseguição praticada pelas guerrilhas contra a Igreja.