Igreja pede paz e democracia ao novo presidente

| 02/06/2009 - 00:00


A Igreja Católica em El Salvador pediu neste domingo, ao novo presidente do país, Mauricio Funes, que consolide a paz e a democracia e que aborde em profundidade o problema da violência. Funes prestará hoje juramento como presidente da República.

O arcebispo de San Salvador, Dom José Luis Escobar Alas, disse que a Igreja espera que o novo Governo possa construir, firmemente, a paz, e solidificar a democracia: "Que possamos viver em uma sociedade fortemente democrática, na qual as instituições funcionem, e as leis sejam verdadeiramente justas e favoreçam o bem comum" – afirmou o prelado, numa coletiva de imprensa, após celebrar a missa dominical, na Catedral de San Salvador.

"Confio que Funes seja capaz de levar o país rumo a um caminho melhor, mesmo em meio a uma crise econômica, a uma estrada de progresso, de liberdade, de desenvolvimento, de equidade e de paz" – declarou. O arcebispo também se referiu ao grave problema da insegurança: em El Salvador, se registram de 10 a 12 assassinatos por dia.

"É um problema grave, que abate a sociedade, que nos coloca num nível verdadeiramente preocupante, encabeçando a lista dos países violentos, com tantos homicídios diários" – disse o prelado, sublinhando que a questão não se resolve mudando o Código Penal, mas oferecendo novas oportunidades a quem delinque.

O jornalista Carlos Mauricio Funes Cartagena, de 49 anos, assumirá nesta segunda-feira a presidência de El Salvador. Participarão da cerimônia de posse representantes de 72 nações e 16 chefes de Estado. Entre eles, o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton. Trata-se do primeiro presidente de esquerda a tomar posse, depois de 20 anos de gestão do partido Arena, de direita.

O novo presidente de El Salvador é casado com a brasileira Vanda Pignato, ligada ao Partido dos Trabalhadores. (BF)


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE