Reino Unido realizará marcha em apoio à implementação da sharia

Enquanto diversos cristãos estão sendo silenciados, a islamização está avançando, com os fundamentalistas islâmicos muito satisfeitos com a falta de ação dos políticos. Enquanto cristãos são multados, agredidos e processados por expressar sua fé, Anjem Choudary do grupo Islam4UK (que pode ser lido como islamismo para o Reino Unido) está livre para propagar o islamismo por todo o país.

Alguns civis já relataram que a Inglaterra já possui 85 tribunais sharia operando abertamente, agindo ilegalmente e transgredindo os direitos humanos com impunidade. Não satisfeitos, cerca de 500 apoiadores do grupo Islam4UK são esperados para uma “Marcha pela sharia”, da Câmara dos Comuns (parlamento inglês) até a Praça Trafalgar no dia 31 de outubro, que coincide com o dia da Reforma Protestante.

Enquanto os diversos grupos anticristãos continuarem a silenciar os cristãos através de leis de difamação, de calúnia e discriminação e outras ameaças de violência, eles seguirão em uma trajetória de vitória, e enfrentarão pouca resistência, até que a violência irrompa. Confrontos violentos já estão surgindo, principalmente como protesto contra a islamização. O Reino Unido corre perigo.

Pedidos de oração:

• Ore para que Deus abençoe aqueles cristãos que estão defendendo as verdades e valores do evangelho com coragem nos tribunais e ruas do Reino Unido, para que eles tenham graça abundante, sabedoria e ousadia do Espírito Santo.

• Ore para que enquanto os muçulmanos “marcham pela sharia” no dia 31 de outubro – dia da Reforma – os cristãos britânicos se lembrem da coragem de Martinho Lutero e sejam motivados pela herança que eles têm de Wycliffe, Ridley, Wilberforce, Carey e outros.