Muçulmanos protestam contra reforma de igreja

| 29/10/2009 - 00:00


Na tarde de terça-feira, 27 de outubro, um grupo de muçulmanos atacou a igreja de Saint George, no vilarejo de Nazlet Albadraman, no distrito de Mawas, província de Minya. O sacerdote e a congregação ficaram presos até que o líder do vilarejo os libertou, após ter dispersado o grupo de muçulmanos. O ataque foi motivado pela restauração da torre da igreja, para a qual a congregação tem permissão.

O pastor Habib Ghattas conta que o padre Serabamon ligou para ele de dentro da igreja, e pediu que ele contatasse as forças de segurança. “Precisamos que eles venham agora e nos salvem da multidão.”

O grupo jogou pedras e destruiu as janelas da igreja, antes de vandalizar carros, lojas e casas de coptas. Uma mulher copta, Ayman Nada Landy, sofreu ferimentos graves na cabeça. As forças de segurança ainda estão no vilarejo para acalmar a situação e evitar outros ataques. O vilarejo também está sob toque de recolher.

A igreja Saint George, em Nazlet Albadraman, serve cerca de 5.000 coptas. Ele foi reformada há oito anos, com exceção da torre da igreja. Ela foi construída de tijolos muito frágeis, e era uma ameaça à vida dos freqüentadores. Após quatro anos de conflitos com as autoridades, a igreja conseguiu uma permissão para a reforma no início da semana. Assim que o documento foi entregue, a igreja demoliu a torre e começou a construir as fundações para a nova.

De acordo com o repórter da Free Copts (Coptas livres), Nader Shukry, o incidente começou às 20h da terça-feira, quando um muçulmano chamado Saber Ahmed Saleh permaneceu na frente da igreja e começou a gritar: “Desse modo vocês causam revoltas sectárias. Vocês têm que interromper essa reforma”. A segurança da igreja não conseguiu fazer com que ele saísse. A situação começou a piorar quando os muçulmanos começaram a se reunir, gritar e atirar pedras na igreja, quebrando todas as janelas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE