Congressista pede ação dos EUA em favor da liberdade religiosa

| 28/07/2010 - 00:00


Um importante advogado de direitos para a liberdade religiosa afirmou que a administração Obama falhou em lutar contra a crescente perseguição no exterior.

Em um discurso, o congressista Frank Wolf, do estado da Virgínia, citou a aparente indiferença dos Estados Unidos às violações dos direitos humanos no Sudão, China, Coreia do Norte, Vietnã, Iraque, Egito e Marrocos.

Ele relatou que a comunidade cristã no Iraque irá se extinguir, a menos que o governo proteja as igrejas e impeça mais ataques, como os que fizeram milhares de cristãos fugirem do país.

Frank Wolf também disse que os Estados Unidos deveriam exigir que o Egito proteja os cristãos coptas da perseguição e que o Marrocos pare de deportar cristãos norte-americanos por suposto proselitismo.

Ele afirmou que os cristãos perseguidos necessitam que a administração Obama levante sua voz em favor dos direitos humanos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE