Igreja católica na ilha de Jolo é bombardeada

Em 25 de dezembro de 2010, uma bomba explodiu no interior da capela do Sagrado Coração Austúrioem Jolo, Sulu, no sul das Filipinas. Uma reunião acontecia no momento da explosão, que deixou 11 pessoas feridas e nenhum morto.

O frâncio Romeu P. Villanueva, que dirigia o seu sermão de Natal quando a bomba explodiu, fez o primeiro relatório e a declaração oficial a respeito do incidente.

Os acusados e suas intenções quanto ao incidente ainda não foram identificados, embora a polícia local tenha admitido a recepção de um relatório sobre os bombardeios secretos dois dias antes.

Organizações cristãs e muçulmanas foram rápidas para expressar sua manifestação sobre o incidente. No entanto, ainda existem preocupações de que esta última explosão pode afetar o relacionamento entre cristãos e muçulmanos no país, particularmente em Mindanao.

Ore para a paz de Deus reinar na região de Jolo, Sulu, nas Filipinas e que Sua cura restaure os feridos.