Deposição de presidente da Síria pode causar o fim do cristianismo

| 22/06/2011 - 00:00


Com protestos e manifestações violentas em todo o Oriente Médio e Norte da África em nome da democracia, os cristãos da região ficaram mais temerosos, levando os crentes da Síria a apoiar o ditador Bashar al Assad, que tem protegido comunidades cristãs, de acordo com relatórios feitos.

Os EUA e outros países ocidentais condenam Assad por sua brutalidade para acabar com as manifestações. A esperança de Washington e seus aliados é que um governo pró-ocidente e democrático venha substituir o regime de Assad, acabando com o crescente isolamento de Israel dos outros países do Oriente Médio e do norte da África.

No entanto, moradores locais dizem que os protestos que marcaram a Primavera Árabe parecem estar caminhando em direção a governos que aderem à sharia (lei islâmica), assemelhando-se ao governo atual, ao manter o extremismo islâmico.

Na Síria, a preocupação é que a Irmandade Muçulmana da Síria, com apoio do governo Wahhabi da Arábia Saudita, esteja financiando protestos contra o regime de Assad. O wahhabismo forma as bases para as crenças da Al Qaeda, que comandou os ataques de 11 de setembro de 2001.

Analistas criam a hipótese de que, com a saída de Assad, os extremistas islâmicos assumam o poder e imponham isolamento para os cristãos.

Durante anos, o governo de Assad apoiou e protegeu a pequena população cristã síria. Mesmo que seu governo seja identificado como xiita, eles têm integrado algumas doutrinas do cristianismo e celebram algumas festas cristãs, como o Natal, a Páscoa, entre outros. Eles também usam o pão e o vinho em suas cerimônias religiosas.

“Os cristãos sírios veem o que está acontecendo em outros países, especificamente o que aconteceu no Egito, e percebem que o governo mudou, mas ainda existem ataques contras as igrejas cristãs; e eles têm medo de que isso aconteça na Síria também”, disse Jerry Dykstra, porta-voz da Portas Abertas nos EUA, que monitora a perseguição contra os cristãos no mundo.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE