Situação da mulher no Iraque piorou depois da guerra, segundo AI

| 01/04/2004 - 00:00


A organização defensora dos direitos humanosAnistia Internacional (AI) alertou nesta quarta-feira (31/03), que aviolência contra as mulheres no Iraque está aumentando muito rapidamente desde ofinal da guerra, em abril do ano passado. Em comunicado divulgado de sua sede emLondres, a AI afirma que as mulheres iraquianas se encontram em situação maistrágica agora do que antes do conflito, pelo fato de os abusos do regime deSaddam Hussein se somarem à miséria e ao caos provocado pelaguerra.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE