Situação da mulher no Iraque piorou depois da guerra, segundo AI

| 01/04/2004 - 00:00


A organização defensora dos direitos humanosAnistia Internacional (AI) alertou nesta quarta-feira (31/03), que aviolência contra as mulheres no Iraque está aumentando muito rapidamente desde ofinal da guerra, em abril do ano passado. Em comunicado divulgado de sua sede emLondres, a AI afirma que as mulheres iraquianas se encontram em situação maistrágica agora do que antes do conflito, pelo fato de os abusos do regime deSaddam Hussein se somarem à miséria e ao caos provocado pelaguerra.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE