Professores de escola dominical na Colômbia recebem treinamento

Neste Dia Nacional da Escola Dominical, conheça as dificuldades enfrentadas por professores de crianças na Colômbia

Enquanto grupos armados ilegais enganosamente recrutam crianças, a Portas Abertas treina centenas de professores de escola dominical em diversas regiões da Colômbia. Esses professores são encorajados a trabalhar dentro e fora da igreja alcançando pessoas no país. Há muitas crianças que não podem ir à escola por razões econômicas e seu único local de aprendizado é a igreja. Em suas aulas da escola dominical, eles recebem ensinamentos bíblicos a cada domingo. 

Os professores buscam formas criativas de ensinar as Escrituras para ajudar as novas gerações a se apaixonarem pela palavra. Nos treinamentos para professores de crianças, a Portas Abertas prepara esses professores das boas novas com ferramentas excelentes.

Ultimamente, as guerrilhas têm reforçado a prática de recrutar crianças. Porém, uma nova estratégia foi adotada, ela não foca em pegar crianças à força, mas por meio de presentes e mentiras que gradualmente ganham os corações dos pequenos. As guerrilhas visitam as comunidades e oferecem armas como presentes para as crianças que se unirem a eles. 

Nas comunidades indígenas de Wounan Togoromá, no departamento de Chocó, as guerrilhas pegaram um menino de oito anos e o trouxeram de volta quatro anos depois. Agora, esse jovem de 12 anos é responsável por ensinar outras crianças na comunidade a como brincar com armas de brinquedo e gostar das guerrilhas. Ele ensina as crianças a como atirar em alvos e fazer armas de pedaços de madeira. Aqueles que fizerem as melhores apresentações serão recompensados, podendo passar horas com as guerrilhas e atirando com armas reais, relata Fredy, um missionário local.

Programas de treinamento
A igreja nessas áreas tem a liberdade de realizar seus encontros, mas é restrita sobre certos tópicos. Ela não pode falar contra a guerra e armas ou sobre o que Deus fala sobre atirar e matar alguém. É nesse ambiente que os professores da escola dominical procuram formas criativas para ensinar as Escrituras. Estas igrejas e professores têm recursos muito limitados para materiais educacionais específicos para crianças.

Em territórios como esse, a Portas Abertas chega com programas de treinamento feitos para líderes de igrejas que trabalham diretamente com as crianças das igrejas. O interesse e a presença têm superado todas as expectativas. Os programas oferecidos têm trazido pastores e líderes dispostos a viajar muitas horas de carro, a pé ou pelo rio, para aprenderem, já que não há outras oportunidades de receber tais treinamentos e materiais.

“Da minha casa até a estrada, eu ando duas horas, então, viajo de barco por mais três horas. Posso gastar mais tempo se levar crianças comigo. Mas faço um esforço porque é uma oportunidade que não posso perder”, disse Francisco Robledo, pastor de uma igreja na área rural de “Vigia del Fuerte”, no departamento de Chocó.

Além de ensinar, a Portas Abertas entrega um kit de escola dominical para cada igreja, que contém sete livros para professores, 14 livrinhos por criança, cola líquida, recortes de cartolina e papel colorido. Em apenas um ano, a Portas Abertas entregou 800 kits para escolas dominicais.

Pedidos de oração