Uma alegria inexplicável

Conheça a história de Mehr, uma indiana que enfrentou diversos desafios após entregar a vida para Jesus

| 08/08/2022 - 08:00

Mehr é uma cristã indiana que foi atacada pelos vizinhos por causa da fé e precisou ser internada. Mas, no hospital, os médicos foram subornados para não cuidar dela

Mehr é uma cristã indiana que foi atacada pelos vizinhos por causa da fé e precisou ser internada. Mas, no hospital, os médicos foram subornados para não cuidar dela


Mehr*, uma jovem cristã indiana no começo de seus 20 anos, vive com os pais idosos e duas irmãs. Ela cresceu como hindu, em uma família e comunidade hindus. Entretanto, Mehr sempre sofreu com uma doença crônica e não encontrava cura ou paz por meio de sua religião. Um dia, um tio a convidou para um culto. Na igreja, ela ouviu o evangelho pela primeira vez e desejou seguir a Jesus. Depois, a mãe e as irmãs ouviram a palavra de Deus por meio de um pastor e a família inteira dedicou a vida a Cristo. “Eu descobri Jesus como a verdadeira cura e dei minha vida para ele”, compartilha Mehr.

Decidir seguir a Jesus pode ser muito arriscado em alguns países. Além de problemas com as autoridades, cristãos que deixam o hinduísmo na Índia também se indispõem com familiares, amigos e vizinhos. Muitas vezes são vistos como traidores e acusados de irar os deuses hindus. Além disso, pessoas que vivem em áreas pobres, como Mehr, ainda são acusadas de se converter ilegalmente por dinheiro.  


“Quando aceitamos a Cristo, as pessoas na comunidade nos acusaram de receber dinheiro para nos tornarmos cristãos. Elas nos isolaram, faziam comentários maldosos e diziam que estávamos envolvidas em atividades ilegais. Elas constantemente usavam palavras abusivas e zombavam de nós. Foi doloroso”, compartilha Mehr. Apesar de as palavras a ferirem, a cristã afirma que sentia uma alegria inexplicável. “Os perseguidores ainda não encontraram a Cristo. Eu oro para que conheçam Jesus como eu”, acrescenta.  


Quando tudo desmoronou

Certo dia, Mehr voltava de um encontro de oração quando vizinhos pararam a irmã e a mãe dela. Dessa vez, os comentários se transformaram em violência, e eles começaram a bater nelas. Mehr, que estava a certa distância, correu para ajudá-las, mas também foi atacada. “As pessoas me batiam e tentaram me sufocar. Eu estava inconsciente quando alguém chamou uma ambulância. Eu fiquei ferida e sangrando, além de sofrer diversas lesões pelo corpo”, ela explica.  

Mehr acordou no hospital e viu a mãe e a irmã ao lado dela. Elas tinham sangue em seus corpos e suas roupas estavam rasgadas. “Você está em uma condição crítica”, a mãe disse a ela. Levou um instante para entender onde estava. Durante o tempo que passou no hospital, Mehr lutou contra a ansiedade. “Por que os vizinhos me atacaram tão violentamente? Como vou encará-los?”, ela pensou. Ela estava tão sem esperança que cogitou até tirar a própria vida. “Eu fiquei em choque e entorpecida após o incidente. Eu não estava consciente da situação. Tudo desmoronou em minha vida. Eu perdi meu emprego, não conversava com ninguém e estava sempre deitada. Tinha um medo constante de ser atacada novamente. Também tinha crises de ansiedade e pânico sempre que lembrava do ataque”, conta.  


Quer saber o que aconteceu com Mehr? Confira a continuação da história dessa cristã indiana na próxima semana. Fique de olho em nosso site e não perca!


Alimento e cuidados para cristãos atacados

O simples fato de ser cristão é motivo suficiente para alguém ser preso ou atacado na Índia. Dessa forma, seguidores de Jesus precisam de apoio em situações como essas. Uma doação garante ajuda imediata, como alimento e cuidado médico, a cristãos atacados ou presos e suas famílias assim que os incidentes acontecem.



Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE