Como os sauditas encontram Cristo?

Arábia Saudita ocupa a 15ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019, e o principal tipo de perseguição enfrentado pelos cristãos é a opressão islâmica

| 24/07/2019 - 16:30

Mesmo em um país tão restrito ao evangelho, Deus tem chamado homens e mulheres para viverem a verdadeira fé em Cristo

Mesmo em um país tão restrito ao evangelho, Deus tem chamado homens e mulheres para viverem a verdadeira fé em Cristo


Não há limites que Deus não possa cruzar. Na escuridão da Arábia Saudita, o coração do islã, Jesus está chamando homens e mulheres para segui-lo. Mas, a igreja local está lutando. Conheça, agora, a história de três cristãos sauditas e sua jornada com Cristo.

Omar*: Omar é um pensador. Seus primeiros passos em direção ao cristianismo foram feitos lendo livros e fazendo pesquisas. Mas, ele realmente entregou o coração ao Senhor depois de passar um tempo com uma família cristã no exterior. O pai da família que visitava ajudou Omar com livros a respeito de Deus e levantava discussões sobre o tema. Lentamente Omar abriu os olhos para a verdade, até que entregou totalmente a vida ao Senhor. De volta para casa, ele compartilhou sua fé com a família, mas todos rejeitaram sua nova fé e romperam todo contato com ele.

Omar se casou, teve filhos e buscou ser um bom cristão. Mas, Omar lutou, principalmente com a nova família: ele viu as crianças sendo doutrinadas com o ensino islâmico em sua escola, e a esposa de Omar, que ainda é muçulmana, não queria nem ouvir falar de Cristo na Arábia Saudita, ela achava perigoso demais não ser um muçulmano no país. Com dor no coração, Omar decidiu não usar seus talentos na igreja saudita, mas levar a família para o exterior e crescer em Cristo lá.

Maryam*: Esta jovem veio a Cristo através da mídia e, logo depois, começou a escrever poemas e canções sobre a nova fé e compartilhá-los com os cristãos de todo o mundo. Durante anos, ela vivenciou uma fé apaixonada mantendo contato com outras pessoas on-line. Então, chegou a idade de Maryam se casar e os pretendentes começaram a aparecer, mas todos muçulmanos. Maryam queria se casar com um cristão. 

É incrivelmente difícil encontrar um esposo cristão quando você é um cristão secreto. Então, quando o terceiro pretendente muçulmano se apresentou, ela não pôde negar sua oferta sem envergonhar a família. Ela aceitou e ficou em contato com os cristãos até o momento em que se vestiu para o casamento. Então proibiu seus amigos cristãos de contatá-la com outras mensagens que não fossem superficiais. Afinal, se o marido descobrisse, ela estaria em apuros. O que aconteceu com a fé de Maryam é incerto. Se ela ainda é cristã, está em total isolamento. O mais provável é que ela não possa contar aos filhos sobre sua fé.

Abdul*: Com Abdul, foram sonhos e visões que o fizeram chegar a Cristo. Várias vezes ele sonhou estar diante de um enorme trono. Cada sonho aproximou-o da pessoa no trono, até que descobriu a divindade de Cristo ali. Não muito depois, ele foi batizado. 

Abdul encontrou uma igreja e, junto com outros três homens, se reúne regularmente para ter comunhão e estudo da Bíblia. Os quatro cristãos têm diferentes estilos e necessidades. É uma igreja frágil. Mas é uma igreja.

 *Nomes alterados por segurança.



Pedidos de oração

  • Interceda por Omar, Maryam e Abdul, para que eles se mantenham firmes em Cristo, mesmo diante da perseguição em seu país.
  • Peça que os cristãos sauditas encontrem formas de compartilhar a verdade com os membros da família, e que seus familiares encontrem o amor de Jesus.
  • Na Arábia Saudita, conversões são passíveis de morte. Clame a Deus para que os muçulmanos sauditas conheçam a Jesus.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE