Cristã grávida é abandonada na Ásia Central

O marido de Amina a expulsou de casa quando descobriu a conversão ao cristianismo

Portas Abertas • 6 set 2023


É muito comum ser abandonado pela família por se tornar cristão na Ásia Central (foto representativa)

É muito comum ser abandonado pela família por se tornar cristão na Ásia Central (foto representativa)

A cristã Amina* morava com o marido e quatro filhos e estava grávida quando se converteu ao cristianismo na Ásia Central. Quando descobriu a fé cristã, o marido de Amina, que é um muçulmano radical, a jogou para fora de casa no meio do inverno.  


Ele também tomou os filhos, que eram crianças no período, e proibiu Amina de reencontrá-los. Além do marido, outros parentes, incluindo os filhos, a
pressionam para que ela abandone a Jesus. 


O nascimento do bebê
 


A cristã precisou ir para casa de parentes para dar à luz ao quinto filho, que chamou Anwar*. Ele foi o primeiro filho a ser criado na fé cristã e, hoje, um homem adulto, serve a Deus junto a sua esposa e filhos. 
 


Os outros quatro filhos da cristã, que foram tomados pelo marido, também cresceram, mas decidiram permanecer no islã. Nargiz*, filha de Amina, se divorciou recentemente, e o pai se recusou a acolher a filha e o neto, Olim*, nesse momento delicado. Por isso, os dois foram morar com Amina. 
 


A jovem ainda tem muita mágoa de Amina por ter escolhido a fé no “Deus russo”, como muitos se referem ao cristianismo na região, ao invés da família e por ter crescido longe da mãe. Toda a situação faz com que Amina também fique muito triste e preocupada. 
 


Frutos do evangelho
 


Já o neto de Amina, Olim, se converteu ao cristianismo nesse período que esteve morando com a avó. Ele começou a orar diariamente. Certo dia,
ao ouvir o filho orando, Nargiz ficou irada e o obrigou a recitar o namaz, uma oração islâmica, no mesmo instante.  


Depois de lidar com o filho, Nargiz se dirigiu para a mãe, Amina, e teve uma grande briga com ela. Ela acusou Amina de ensinar o evangelho e orações a Jesus para Olim. Além da pressão da filha, Amina foi expulsa da casa da mãe, onde morava há 20 anos – desde que foi expulsa de casa pelo marido. Ela está morando temporariamente em um apartamento alugado.
 


Mesmo com todas as dificuldades, Amina permanece fiel a Jesus e continua compartilhando as boas-novas para os filhos, netos, parentes e vizinhos em todas as oportunidades e também serve com amor e compaixão outros muçulmanos no país, independentemente da forma como a tratam.
 


*Nomes alterados por segurança. 
 


Inunde a Ásia Central com orações 

 
O Shockwave, movimento de oração da Portas Abertas voltado aos jovens, está de volta e irá inundar a Ásia Central com uma onda de orações pelos cristãos perseguidos em setembro. Não fique de fora! Inscreva-se. 


Pedidos de oração
 

  • Peça a Deus que Amina encontre em breve uma casa onde possa morar permanentemente.  
  • Ore pela salvação dos filhos e parentes de Amina. 
  • Interceda pelo pequeno Olim para que a fé não venha a se apagar por causa da perseguição da família.  
  • Ore para que Amina continue firme em Jesus e continue compartilhando o evangelho.  

 

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco