Cristãos são presos em batidas policiais no Irã

Ao menos quatro cristãos foram detidos por participarem de igrejas domésticas

Portas Abertas • 8 jan 2024


Uma das prisões aconteceu na véspera de Natal no Irã (foto representativa)

Uma das prisões aconteceu na véspera de Natal no Irã (foto representativa)

Em 2023, nove cristãos foram abençoados com a liberdade da prisão. Alguns foram totalmente libertos, mas outros receberam apenas liberdade condicional. O número é um motivo de grande gratidão ao considerar-se que o Irã é um dos dez países mais perigosos da Lista Mundial da Perseguição 2023. 

 

No entanto, a realidade da maioria dos cristãos iranianos não é essa. Esmaeil Narimanpour, um cristão de origem muçulmana que foi obrigado há algum tempo a passar por sessões de “reeducação” com líderes muçulmanos, foi preso após uma batida policial na véspera de Natal. Ele estava em casa, na cidade de Dezful, Oeste do Irã, e continua preso.  

 

Segundo a organização Article 18, a casa do cristão foi revistada e os livros de literatura cristã que ele tinha foram confiscados. O que mais surpreendeu na prisão de Esmaeil é que os agentes não tinham mandado para fazer revista e detenção. O cristão apenas teve o direito de fazer uma breve ligação no dia de Natal para falar com a família e dizer que estava preso em Ahvaz, a 150 km da cidade de Dezful. 

 

Culto invadido  

 

No entanto, quando os familiares tentaram obter mais informações sobre o caso de Esmaeil, ao invés de obterem respostas, foram interrogados também e detidos durante muitas horas. Pouco antes, quatro cristãos de origem muçulmana, incluindo um refugiado afegão, foram presos em Shahriar, Oeste de Teerã, a capital iraniana.  

 

Eles foram detidos por agentes da inteligência iraniana no culto em uma igreja doméstica há três semanas, quando aproximadamente 25 homens, mulheres e crianças estavam reunidos para orar e adorar a Deus e também para planejar a celebração do Natal. Os agentes irromperam e leram os nomes de três membros da congregação, duas mulheres com pouco mais de trinta anos e um senhor de 70 anos, cujo nome é Siroos Khosravi.  

 

As mulheres foram levadas presas no mesmo dia e o senhor foi detido e interrogado três dias depois. Todos os três cristãos foram levados às respectivas casas e viram os agentes revistarem tudo. Outros cristãos estavam presentes, fazendo um culto, no momento da revista e foram forçados a preencher um formulário com perguntas sobre a fé cristã e as atividades da igreja doméstica. Os agentes avisaram que em breve os chamariam para interrogatórios.  

 

Ao menos outros três cristãos foram presos em incidentes separados nas cidades de Ahvaz e Izeh no mesmo período. Por isso, nossos irmãos na fé precisam com urgência de nosso apoio em oração enquanto se encontram presos por amarem e seguirem a Jesus no Irã. As famílias e os amigos ficam profundamente abalados nessas situações, e os cristãos presos correm o risco de serem torturados e pressionados de maneira sobre-humana para abandonarem a Cristo.  

 

Socorra cristãos presos no Irã  

Milhares de cristãos iranianos continuam presos por causa da fé em Jesus, são vítimas de discriminação e enfrentam a restrição de direitos básicos, como alimentos e remédios. Sua doação nos ajuda a socorrê-los e faz com que nossos irmãos presos saibam que não estão sozinhos.   


Pedidos de oração
 

  • Clame a Deus pela segurança dos cristãos presos, para que não sejam torturados e maltratados.  
  • Rogue para que eles tenham uma fé forte, capaz de resistir à intensa pressão. 
  • Interceda por visão para os seguidores de Jesus presos para que possam compartilhar o evangelho enquanto estiverem detidos e outras vidas sejam salvas.  
  • Ore pelas autoridades iranianas e agentes da polícia para que repensem a postura autoritária e sejam alcançados pelo amor de Jesus.   

 

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco