Hoje é o Dia Nacional da China

Entenda como as comemorações afetam os cristãos do país

| 01/10/2021 - 06:00

O mês que antecede e a comemoração são preocupantes para os cristãos na China

O mês que antecede e a comemoração são preocupantes para os cristãos na China


Hoje, a China celebra o Dia Nacional. Há 72 anos, Mao Tsé-tung proclamou a República Popular da China. Nessa data começaram as principais transformações consequentes da implantação do comunismo no território. Um dos resultados foi a perseguição a crenças que pudessem contradizer as ordens dadas pelo Estado. 

 
Mas, ao longo dos anos, o mês que antecede a data é um momento difícil para os cristãos. Este ano é ainda mais difícil, porque o Partido Comunista da China comemorou o 100º aniversário em julho. O governo chinês é decidido a garantir a estabilidade na celebração do Dia Nacional todos os anos. Assim, as medidas de monitoramento sobre a sociedade são aplicadas. 

 
Nos últimos anos, as restrições religiosas têm sido reforçadas. Os cristãos que frequentam igrejas domésticas são ameaçados pelas autoridades do país. A partir de julho deste ano, mais pastores foram avisados para “se comportar” e “ficarem quietos”. As autoridades têm feito chamadas mais frequentes aos pastores para reiterar o limite de suas ações. Pastores “suspeitos” de realizar atividades na igreja são forçados a ter “reuniões” com funcionários do governo e autoridades.  

 
A situação é mais difícil na região politicamente sensível no Noroeste da China, onde os cristãos estão sendo monitorados desde julho. Muitos foram interrogados e alguns foram detidos pelas autoridades por alguns dias. Funcionários do governo os advertiram a informar caso saibam ou se encontrem com cristãos vindos de outros lugares. Assim, muitos cristãos suspenderam as reuniões secretas.  

 
Pedidos de oração 

  • Neste Dia Nacional da China, ore pelos líderes da nação, para que Cristo lhes dê sabedoria para governar o país visando o bem de toda a população. 
  • Clame para que os pastores tenham sabedoria divina para lidar com as autoridades locais e também coragem para continuar o ministério da igreja. 
  • Interceda pelos cristãos na China, para que continuem a testemunhar as boas obras do Senhor, mesmo diante da pressão das autoridades. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE