Incêndios e assassinatos de cristãos em Mianmar

Apenas na cidade da Thanglang, 12 igrejas foram queimadas

| 26/07/2022 - 08:00

Apenas templos cristãos são prejudicados nos ataques dos militares (foto representativa)

Apenas templos cristãos são prejudicados nos ataques dos militares (foto representativa)


Pouco depois do ataque à igreja Thantlang Baptist Church pelo exército birmanês, outra igreja, conhecida como Believers Church, também na cidade de Thanglang, foi queimada e devastada no dia 23 de junho. Depois disso, novos ataques atingiram o país. A junta militar que governa Mianmar desde o golpe em 2021 já queimou 12 igrejas cristãs apenas na cidade de Thanglang. 


De acordo com o parceiro local Tun Tun (pseudônimo), recentemente, uma igreja local, usada como abrigo para refugiados de Sagaing, Nordeste de Mianmar, foi invadida pela junta militar.
 


Além dessa invasão, o exército lançou bombas e destruiu a igreja
Thadou-Kuki Baptist Church, que também fica em Sagaing. A estrutura do templo, janelas e portas foram severamente danificadas e os militares também levaram o dinheiro da caixa de dízimos e ofertas da igreja. 


Violações dos direitos humanos
 


Os novos ataques transformaram mais cristãos em
deslocados internos. Tun Tun lamenta: “Quando essa guerra terá fim? Vivemos como refugiados em terras estrangeiras, os recursos estão escassos e não fugimos por vontade própria, mas por causa da nossa segurança e de nossos familiares. As condições de vida não estão fáceis, alguns arriscam a própria vida para encontrar emprego e só conseguem garantir a alimentação”. 


Tun Tun também relatou outra violação da junta militar no dia 23 de junho: “Eles queimaram quatro casas em Sangaing e prenderam quatro jovens inocentes, bateram e atiraram neles. Eles deixaram os corpos no campus da faculdade. Com essas mortes, chega a 11 o número de mortes de cristãos da tribo Kuki Chin”.
 


Tun Tun é um de muitos cristãos do estado de Chin deslocados pela guerra civil. Ele se sente frustrado e traumatizado e pede as orações da igreja global: “Ore por nós. Há muitos templos e santuários budistas, mas nenhuma bala os atingiu. Da mesma forma, as casas atingidas foram apenas as cristãs, as casas dos vizinhos birmaneses não foram prejudicadas e nenhum birmanês foi morto”.
 


Pedidos de oração
 

  • Ore pela segurança dos cristãos em Mianmar, especialmente na cidade de Sagaing, atingida recentemente. 
  • Interceda pela situação política do país, para que Deus intervenha e que essa guerra termine em breve.  
  • Clame pelos cristãos recém deslocados que precisam de abrigo e alimento. Ore para que eles consigam a ajuda de que precisam e peça que eles voltem em breve para casa. 
  • Rogue pela segurança dos parceiros locais da Portas Abertas conforme a vigilância no país aumenta. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE