Onde a sua doação chegou em 2020

No Relatório de Impacto 2021 você confere o resultado da sua contribuição de forma prática

| 21/07/2021 - 16:30

Kabil passou a oferecer treinamentos bíblicos on-line no Norte da África devido à pandemia da COVID-19

Kabil passou a oferecer treinamentos bíblicos on-line no Norte da África devido à pandemia da COVID-19


A cada ano, a Lista Mundial da Perseguição da Portas Abertas apresenta o aumento constante na discriminação, no assédio e até na perseguição violenta aos cristãos ao redor do mundo por causa da fé em Jesus. Atualmente, mais de 340 milhões de cristãos são perseguidos no mundo. Porém, o ano de 2020, com o início da pandemia do coronavírus, alterou os padrões de perseguição e do nosso trabalho.

Um exemplo foi que os lockdowns devido à COVID-19 reduziram o número geral de ataques em grupo a igrejas em 2020. Por outro lado, os governos estavam tão ocupados em aplicar as restrições de combate ao vírus que extremistas, principalmente na África, intensificaram os ataques a comunidades cristãs. A pandemia também restringiu muito de nossa mobilidade, o que limitou o contato pessoal com cristãos em necessidade e direcionou muitos para o trabalho on-line. 

Por conta dessas condições inesperadas e das mudanças rápidas, nossa equipe de campo e parceiros locais precisaram inovar. Onde os cristãos deixaram de receber ajuda do governo por causa da COVID-19, nossa equipe e voluntários deslocaram recursos para auxílio emergencial. Onde treinamentos em grupo não eram possíveis, os mesmos foram realizados de forma on-line. 

Adaptação na prática

Veja como apoio em 2020 foi a resposta de oração para milhões de cristãos perseguidos 

Kabil* é um discipulador no Norte da África. Ele compartilha como a vida se tornou difícil para muitos irmãos e irmãs na região. “Nós estamos no meio da crise. É muito difícil e diferente de tudo que já passamos. Tudo parece ter parado. Mas nossos relacionamentos se aprofundaram. Nós aproveitamos nossa comunhão, buscamos muito mais a face de Deus e desfrutamos do tempo com nossos filhos. Nós percebemos entre nossos vizinhos e pessoas no geral que há um tipo de pânico por causa da pandemia e da crise econômica que se iniciou.” 

Acostumado a viajar pelo Norte da África e oferecer treinamentos presenciais, Kabil viu o ministério ser alterado completamente por causa da COVID-19. “Nós não pudemos viajar, nos encontrar, ter comunhão, grupos de encontro, contato pessoal e toda a convivência que desfrutávamos. Essa foi uma mudança radical que nunca imaginamos ou experimentamos.” 

Mas o treinamento dado para líderes de discipulado não parou. “Graças a Deus nós encontramos soluções usando as redes sociais. Realizamos treinamento via Zoom, WhatsApp, Messenger e Skype. Deus nos forneceu essas soluções.” 

Essas e outras informações do trabalho da Portas Abertas realizado no ano de 2020 são encontradas no Relatório de Impacto 2021, que  apresenta de forma mais detalhada como e onde os recursos foram utilizados. No mundo todo, 1.047.835 Bíblias e literaturas cristãs foram distribuídas, 3.337.376 pessoas receberam treinamento bíblico, 979.459 pessoas receberam algum tipo de ajuda socioeconômica e 2.408.070 ações institucionais, como assistência jurídica, presença ou pesquisa, foram realizadas. 

Ajuda para quem mais precisa

Muitos são os desafios enfrentados pelos cristãos que vivem nos 50 países da Lista Mundial da Perseguição. A situação piora quando o país enfrenta algum tipo de crise, conflito ou guerra, deixando os cristãos sob dupla vulnerabilidade. Sua doação permite que cristãos perseguidos que mais precisam de ajuda tenham suas necessidades básicas, como alimento, supridas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE