Líder e membros de igreja são sequestrados na Nigéria

O ataque pode ter relação com os protestos em Sokoto pedindo a liberdade dos suspeitos de matar Deborah Samuel

| 30/05/2022 - 16:30

O terrorismo islâmico tem dificultado as atividades pastorais na Nigéria

O terrorismo islâmico tem dificultado as atividades pastorais na Nigéria


Na última quarta-feira, 25, um homem armado invadiu uma igreja cristã em Gidan Maikambo, no estado de Katsina, Nigéria. A igreja era liderada por um proeminente líder cristão de Sokoto, Matthew Hassan-Kukah. Matthew recebeu ameaças antes do ataque em que ele, outros líderes da igreja e alguns membros da igreja foram sequestrados. 


O diretor de comunicação da igreja, reverendo Christopher Omotosho, relatou: “À meia noite de hoje, 25 de maio, atiradores invadiram o recinto. Eles raptaram o pastor Matthew e seus assistentes, o reverendo Stephen Ojapa e Oliver Okpara. Não sabemos o paradeiro deles. Por favor, ore para que eles fiquem seguros e sejam libertos em breve”. 
 


Não está claro se o sequestro está relacionado aos recentes
atos de vandalismo às igrejas de Sokoto, iniciados após a prisão dos dois suspeitos de matar Deborah Samuel Yakubu em 12 de maio.  


O contínuo sequestro de cristãos e outros civis no Norte da Nigéria tem desgastado o país. Outro pastor, Wilfred Chikpa Anagbe, do estado de Benue, emitiu uma declaração no dia 20 de maio, questionando por que o governo nigeriano permanece em silêncio diante dos ataques recorrentes no Oeste Africano.
 


Anagbe disse que o terrorismo dos extremistas 
fulanis no estado de Benue tornou quase impossível fazer as visitas pastorais na região. O pastor lamentou o silêncio da comunidade internacional ante o sofrimento de cristãos na Nigéria. “Infelizmente, as pessoas continuam prestando atenção aos planos do islamismo para o mundo afora e poucas vezes atentam ao clamor e pedido de ajuda na Nigéria. Às vezes, parece que fomos abandonados à mercê dos jihadistas”, lamenta o pastor. 

 


Ajude o Oeste Africano 

Faltam menos de 15 dias para o Domingo da Igreja Perseguida (DIP). No dia 12 de junho, junte-se a mais de 13.000 igrejas do Brasil em oração pela Igreja Perseguida. Diante do crescimento da violência na região, o tema será “Igreja sob ataque” com foco na Nigéria e Oeste Africano. Para saber como participar e ter acesso aos materiais do DIP, inscreva sua igreja e ajude a Igreja Perseguida. 

 


Pedidos de oração
 

  • Ore pela segurança e libertação do líder cristão Matthew e outros cristãos sequestrados na Nigéria. 
  • Peça que o Senhor mantenha a esperança no coração dos irmãos e irmãs perseguidos e que a igreja tenha sabedoria e graça para lidar com os ataques que têm sofrido. 
  • Clame a Deus para que as autoridades se mobilizem e lidem com os sequestros recorrentes e a impunidade no país. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE