Destaques

As principais informações da Lista Mundial da Perseguição 2021


A pandemia da COVID-19 fez vítimas em todo o mundo e suas consequências atingiram tanto países do Ocidente como do Oriente. Porém, a situação dos cristãos perseguidos foi agravada durante a crise global. De acordo com os dados da Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2021, mais de 340 milhões de cristãos ao redor do mundo experimentam perseguição por causa da fé em Jesus. Esses dados da pesquisa mostram o crescimento de 30% em relação ao ano anterior e estimam que 1 em cada 8 cristãos no mundo enfrenta perseguição extrema, severa ou alta.Baixe o infográfico sobre a violência e entenda melhor o assunto.

Esses foram alguns acontecimentos que marcaram a Igreja Perseguida no último ano:

Na Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2021, todos os 50 países pontuaram níveis de perseguição extrema e severa. Além dos 50 primeiros colocados da LMP, outros 24 países ficaram na Lista de Países em Observação, com mais de 41 pontos. A lista de países com perseguição extrema cresceu e agora conta com 12 integrantes: Coreia do Norte (1), Afeganistão (2), Somália (3), Líbia (4), Paquistão (5), Eritreia (6), Iêmen (7), (8), Nigéria (9), Índia (10), Iraque (11) e Síria (12).

Países com perseguição extrema aos cristãos

Desde 1993, a Portas Abertas trabalha para divulgar a LMP com o número de cristãos perseguidos no mundo e mostra os territórios mais perigosos para um seguidor de Jesus. Em 2021, a Coreia do Norte ocupou a primeira colocação novamente, como tem sido desde 2002. A situação dos cristãos norte-coreanos está cada vez mais difícil com a negação da pandemia e o fechamento das fronteiras com países como China e Coreia do Sul, dificultando que os cidadãos da nação comunista fujam para os países vizinhos.

No Top10 aconteceu uma importante mudança, a classificação da Nigéria em 9º lugar. Desde 2015, a nação não se encontrava entre os 10 países mais perigosos para os cristãos. Porém, as ações de grupos extremistas como Boko Haram e pastores de cabra fulanis fizeram o país receber pontuação máxima em violência. Muitos cristãos foram vítimas de assassinato, sequestro e agressões físicas e sexuais, e não tiveram os casos investigados e punidos pelas autoridades.

Quais são os novos países na Lista Mundial da Perseguição 2021?

México (37º), República Democrática do Congo (40º), Moçambique (45º) e Comores (50º) são os novos países na LMP 2021. O retorno do país latino para o Top50 é uma consequência da ação de redes de crime organizado, que consolidaram o poder durante a ausência de ações efetivas do governo para sanar necessidades como saúde, alimentação e trabalho. Nesse cenário, houve impunidade e conivência das autoridades em situações de hostilidade aos cristãos.

Em Moçambique e na Rep. Dem. Do Congo, os constantes e violentos ataques de extremistas islâmicos foram os principais responsáveis por tornar perigosa a vida dos cristãos locais. Já na ilha de Comores, o próprio governo foi encarregado de dificultar a vida dos seguidores de Jesus, ao negar abertamente a liberdade religiosa da população e punir com prisão qualquer atividade que fosse considerada evangelismo.

Quais os países que mais subiram posições na LMP 2021?

O crescimento da perseguição em Moçambique tirou o país da Lista de Países em Observação, na qual ocupava o 66º lugar, e o colocou em 45º na LMP. O mesmo aconteceu com a República Democrática do Congo, que saiu da posição 57 na Lista de Observação e hoje ocupa a 41 na LMP. Entre os países latinos, o México teve o maior crescimento, indo da 52ª colocação na Lista de Observação para a 37ª na LMP. A Colômbia também cresceu e agora ocupa o 30ª lugar, 11 posições acima do período anterior. A perseguição nacionalista estatal aos cristãos na Turquia colocou o país em 25ª posição, também 11 posições acima do ano anterior.

Outro destaque foi a China, que ficou em 17º lugar, seis posições acima em relação à LMP 2020. O crescimento da perseguição aos cristãos é resultado da ampliação de vigilância e regulamentação das igrejas do país, até mesmo nas aprovadas pelo governo. As ações de controle cresceram tanto on-line quanto off-line, uma delas é a proposta de alteração da Bíblia para que se encaixe melhor na ideologia comunista.

Qual o trabalho da Portas Abertas a partir da LMP 2021?

Os dados da LMP ajudam a direcionar o trabalho feito pela Portas Abertas. Por meio deles, é possível entender onde há maior perseguição aos cristãos e como trabalhar de maneira efetiva para ajudar os cristãos perseguidos e manter a igreja viva. Clique aqui e conheça alguns dos projetos.

Para o CEO da Portas Abertas Internacional, Dan Ole Shani, o crescimento da perseguição no mundo justifica ainda mais o trabalho da organização: “A boa notícia para esses cristãos é que eles nunca estão sozinhos por causa da presença de Deus com eles, são motivos de orações em todo o mundo e da defesa intensificada por parte de igrejas, organizações e outros que acreditam na liberdade religiosa”.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE