Reencontro de mãe e filhos depois de ataque na Nigéria

Mãe e filhos ficaram separados por semanas depois que fugiram do Boko Haram

| 16/06/2022 - 08:00

Theophilus e sua família escolheram permanecer na vila onde moravam para ser sal e luz de Cristo ali

Theophilus e sua família escolheram permanecer na vila onde moravam para ser sal e luz de Cristo ali


O dia 16 de junho é o Dia Internacional da Criança Africana, data escolhida para conscientizar as pessoas sobre a realidade das crianças no continente africano, que muitas vezes envolve violência, abuso e exploração. Por isso, compartilhamos hoje a história do jovem Theophilus e sua família na Nigéria. 


Theophilus tem duas irmãs. Eles vivem com a mãe, Charity, na vila Guyaku, no Norte da
Nigéria. Conforme o Domingo da Igreja Perseguida 2022 destacou no último domingo, a Nigéria e Oeste Africano são os ambientes mais violentos para cristãos. Dentre os muitos ataques que aconteceram no país, Theophilus e sua família presenciaram o extremismo do Boko Haram na vila onde moram. Veja o relato da mãe de Theophilus, Charity, no vídeo a seguir.


“Era verão quando eles vieram”, contou Theophilus. Ele, a irmã e a mãe estavam em casa quando o tio entrou e disse em voz baixa: “Apaguem as luzes! Apaguem as luzes!”. Eles entenderam que o
Boko Haram, grupo extremista islâmico, tinha chegado ali. 


“Eu estava com medo. Pensei que não sobreviveríamos. Então, segurei na mão da minha irmã e corremos”, ele explicou. Eles estavam com a mãe, Charity, que carregava a irmã mais nova de Theophilus nas costas, fugindo para as montanhas. Mas uma moto entrou no caminho e eles correram em direções diferentes, separando Theophilus e a irmã da mãe.
 


Família separada
 


Charity se escondeu em uma caverna com outros cristãos e sussurrava o nome dos filhos: “Theophilus, Elizabeth”, tentando encontrá-los, mas não ouvia resposta. Ela temia que eles estivessem mortos como outros parentes que não sobreviveram. Ela voltou para casa e não encontrou os filhos. Depois de semanas, enquanto cuidava das tarefas domésticas, ela ouviu Theophilus chamando seu nome e viu os filhos voltando para casa.
 


“Nós choramos de alegria”, contou Theophilus. O encontro foi uma profunda resposta de oração. “Eu fiquei tão chocada e animada que gritei seus nomes! Ver meus filhos foi como um novo amanhecer. Tudo mudou porque meus filhos perdidos voltaram”, compartilhou Charity. A família enfrentou então o desafio de reconstruir sua casa, encontrar comida e abrigo, reconstruir a igreja das cinzas, refazer as plantações e lidar com a ansiedade constante de que o Boko Haram pudesse voltar. 
 


Recomeço
 


Apesar dos desafios, Theophilus e a família permaneceram na vila, mantendo a luz de Cristo brilhando na região, mesmo quando a escuridão rodeia. “A vinda de vocês nos trouxe nova vida, porque não acreditávamos que voltaríamos a viver nessa cidade. Isso nos deu esperança de uma vida no futuro. Orem por nosso país, a Nigéria. Peçam que possamos viver em paz de novo. Não esqueçam de nós. Obrigada!”, concluiu Charity.
 


Ajude a reconstruir igrejas na Nigéria 


Igrejas foram destruídas nos ataques de extremistas islâmicos na Nigéria e precisam de ajuda para serem reconstruídas. Sua
doação apoia o projeto que permite o acesso de Theophilus e outras crianças perseguidas a igrejas restauradas, onde poderão ouvir a palavra de Deus e crescer seguindo a Jesus. 




Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE