Síria

Posição no ranking:

12

Síria
  • Tipo de Perseguição Paranoia ditatorial, opressão islâmica, opressão do clã, corrupção e crime organizado e protecionismo denominacional
  • Pontuação na pesquisa
    81
  • ReligiãoIslamismo
  • CapitalDamasco
  • População20,6 MILHÕES
  • População cristã579 MIL

Doe agora!

R$

Como é a perseguição aos cristãos na Síria? 

Apesar de o conflito na Síria ter diminuído ligeiramente nos últimos anos, os desafios que os cristãos enfrentam são muitos e graves. Nas áreas dominadas por extremistas islâmicos, os líderes das igrejas históricas são vulneráveis a ataques ou sequestros, enquanto a maioria dos edifícios pertencentes a igrejas locais foram demolidos ou tomados para uso dos jihadistas. Para os cristãos que vivem nessas áreas, há pouca margem para expressar a fé – e muitos precisaram fugir de suas casas. 

Nas áreas controladas pelo governo, as autoridades reforçaram o controle sobre aqueles que consideram ser uma ameaça à estabilidade social – inclusive cristãos de origem muçulmana. Embora todas as comunidades cristãs estejam sob pressão, as igrejas históricas têm maior força para defender seus direitos do que as de grupos religiosos não tradicionais, como os evangélicos. 

Na Síria, há focos de conflito e os cristãos continuam em meio ao fogo cruzado. Em alguns casos, os seguidores de Jesus são alvos deliberados – como, por exemplo, em Afrin, onde há relatos de que tropas apoiadas pela Turquia têm como alvo os cristãos curdos. 

Aqueles que optam por abandonar o islã para seguir a Jesus podem enfrentar intensa pressão da própria família, especialmente os que vivem em regiões de muçulmanos sunitas.   

Todas as semanas, uma pessoa ou família cristã que conheço deixa o país, especialmente a geração mais jovem. Para mim, cada cristão ao meu redor na Síria é uma razão para permanecer no país. Mas está ficando cada vez mais difícil quando vejo pessoas do meu círculo íntimo saindo.  

Ibrahim (pseudônimo), parceiro local da Portas Abertas  

Como as mulheres são perseguidas na Síria? 

Em um contexto de instabilidade e restrição à liberdade religiosa, mulheres e meninas cristãs correm risco de rapto, violência física e sexual, tanto em áreas dominadas por rebeldes como nas controladas pelo governo. 

As mulheres cristãs podem ser assediadas em público e discriminadas no local de trabalho. Algumas são cuspidas na rua ou seduzidas na tentativa de convertê-las ao islã. 

Dentro de casa, as cristãs de origem muçulmana podem enfrentar violência da própria família. Elas estão sujeitas a violência doméstica, casamento forçado com um muçulmano ou até serem mortas para restaurar a honra dos familiares.  

Como os homens são perseguidos na Síria? 

A ameaça mais iminente para homens e rapazes é o recrutamento forçado para o exército sírio ou para alguma facção militar. 

Muitos líderes religiosos foram sequestrados por extremistas islâmicos por razões políticas e financeiras e vários continuam desaparecidos. Os que pertencem a comunidades cristãs históricas correm maior risco porque são reconhecidos por suas roupas. Os ataques aos líderes da igreja impactam toda a comunidade, há vários exemplos de cristãos em uma comunidade indo embora assim que seus líderes emigram.  

Os cristãos costumam ser discriminados no local de trabalho. Já os desempregados têm muitas dificuldades em conseguir um emprego e precisam aceitar os mais perigosos.  

O que a Portas Abertas faz para ajudar os cristãos na Síria? 

A Portas Abertas trabalha por meio de parceiros locais e Centros de Esperança para fortalecer a igreja na Síria por meio de distribuição de literatura cristã, discipulado e treinamento de liderança, aconselhamento pós-trauma, treinamento vocacional, ajuda emergencial e apoio prático para pessoas deslocadas e vítimas de terremotos.   

Como posso ajudar os cristãos perseguidos na Síria? 

Além de orar por eles, você pode ajudar de forma prática doando para o projeto da Portas Abertas de apoio aos cristãos perseguidos que enfrentam maiores necessidades. 

QUERO AJUDAR

Quem persegue os cristãos na Síria 

O termo  “tipo de perseguição” é usado para descrever diferentes situações que causam hostilidade contra cristãos. Os tipos de perseguição aos cristãos da Síria são: paranoia ditatorial, opressão islâmica, opressão do clã, corrupção e crime organizado e protecionismo denominacional. 

Já as “fontes de perseguição” são os condutores/executores das hostilidades, violentas ou não violentas, contra os cristãos. Geralmente são grupos menores (radicais) dentro do grupo mais amplo de adeptos de uma determinada visão de mundo. As fontes de perseguição aos cristãos na Síria são: grupos religiosos violentos, oficiais do governo, grupos paramilitares, partidos políticos, parentes, cidadãos e quadrilhas, líderes de grupos étnicos, líderes religiosos não cristãos, redes criminosas, líderes religiosos cristãos. 

 

Pedidos de oração da Síria 

  • Clame para que Deus ajude seu povo a ser sal e luz após os terremotos devastadores de 2023. 
  • Ore para que os cristãos de origem muçulmana recebam força do Espírito Santo enquanto enfrentam oposição de suas famílias e comunidades. 
  • Interceda para que o Senhor dê alívio e vigor para os cristãos sírios tão feridos nas últimas décadas.  

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco