Catar

Posição no ranking:

40

Catar
  • Tipo de Perseguição Opressão islâmica, opressão do clã, paranoia ditatorial
  • Pontuação na pesquisa
    67
  • ReligiãoIslamismo
  • CapitalDoha
  • População3 MILHÕES
  • População cristã414 MIL

Doe agora!

R$

Como é a perseguição aos cristãos no Catar? 

Existem duas categorias de cristãos no Catar: os expatriados (estrangeiros residentes no país) e os de origem muçulmana; elas são separadas e não devem interagir. A maioria dos seguidores de Jesus são estrangeiros e estão no país a trabalho, por isso têm um certo grau de liberdade religiosa.  

Grandes eventos de culto foram permitidos no passado, mas a falta de espaço para as igrejas é um problema, pois poucos cristãos são autorizados a construir edifícios no complexo religioso oficial estabelecido pelo governo fora da capital, Doha. No entanto, os cristãos estrangeiros devem ter muito cuidado ao partilhar a fé, pois evangelizar os muçulmanos é estritamente proibido e pode levar a processos judiciais e deportação. Muitos trabalhadores migrantes têm de viver e trabalhar em condições precárias, e a fé cristã pode aumentar sua vulnerabilidade. 

Os convertidos de origem muçulmana do Catar e de outros países podem enfrentar intensa pressão da família e da comunidade por escolherem seguir a Jesus. Alguns evitam essa pressão vivendo em uma comunidade internacional ao invés da comunidade étnica. Para os catarianos, a conversão do islã para outra religião é proibida, e os muçulmanos não podem nem mesmo entrar em uma igreja. 

Quase não há relatos de cristãos sendo mortos, presos ou discriminados por causa da fé, porque o número de convertidos é baixo e eles mantêm a nova crença em segredo. 

Já vemos o movimento do Espírito Santo no Catar. Deus está visitando as pessoas em sonhos. Deus está fazendo milagres e realizando curas entre o povo do Catar.”  

Ahmad (pseudônimo), líder cristão no Catar 

Como as mulheres são perseguidas no Catar? 

Na cultura islâmica conservadora do Catar, mulheres e meninas estão sujeitas à tutela dos homens da família e tudo o que acontece dentro de casa não recebe interferência das autoridades. Nesse contexto, é difícil para qualquer mulher deixar o islã para seguir a Jesus.   

Fazer isso pode acarretar em prisão domiciliar, violência sexual e até crimes de honra. As cristãs de origem muçulmana estão legalmente proibidas de se casar com um cristão, por isso são forçadas a se casar com um muçulmano, que tentará pressioná-las a regressar à fé dos antepassados. Muitas convertidas tendem a manter a fé em segredo. 

As imigrantes que trabalham como empregadas domésticas são vulneráveis a abuso sexual. Muitas delas são cristãs e sofrem graves abusos e exploração.   

Como os homens são perseguidos no Catar? 

Em casos de cristãos de origem muçulmana, as esposas podem concordar em viver com a nova fé do marido, desde que ele não compartilhe sobre Jesus com os filhos. Em outras situações, a família da esposa pode ameaçá-lo de afastamento da mulher e dos filhos.  

Os cristãos do Catar estão isolados e têm muita dificuldade em encontrar-se com outros seguidores de Jesus ou crescer na nova fé. Em casos mais extremos, os homens podem ser agredidos por causa da fé em Cristo.  

Os líderes cristãos no Catar são tipicamente homens e os pastores são monitorados de perto e devem relatar detalhes das atividades da igreja às autoridades.   

O que a Portas Abertas faz para ajudar os cristãos no Catar? 

A Portas Abertas apoia o corpo de Cristo na Península Arábica organizando reuniões de oração, distribuindo Bíblias e literatura cristã e treinando membros e pastores de igrejas.   

Como posso ajudar os cristãos perseguidos no Catar? 

Além de orar por eles, você pode ajudar de forma prática doando para o projeto da Portas Abertas de apoio aos cristãos perseguidos que enfrentam maiores necessidades. 

QUERO AJUDAR

Quem persegue os cristãos no Catar? 

O termo “tipo de perseguição” é usado para descrever diferentes situações que causam hostilidade contra os cristãos. Os tipos de perseguição aos cristãos no Catar são: opressão islâmica, opressão do clã, paranoia ditatorial.  

Já as “fontes de perseguição” são os condutores/executores de hostilidades, violentos ou não violentos, contra os cristãos. Geralmente são grupos menores (radicais) dentro do grupo mais amplo de adeptos de uma determinada visão de mundo. As fontes de perseguição aos cristãos no Catar são: oficiais do governo, líderes de grupos étnicos, líderes religiosos não cristãos, cidadãos e quadrilhas, parentes.   


Pedidos de oração do Catar 

  • Louve a Deus porque os cristãos estrangeiros no Catar podem se reunir e adorar com relativa liberdade.  
  • Peça que o Senhor dê força e coragem aos cristãos que estão sob pressão da família e da comunidade.  
  • Interceda para que Deus toque o coração das autoridades do Catar e os cidadãos possam seguir a Jesus abertamente. 

Sobre nós

A Portas Abertas é uma organização cristã internacional e interdenominacional, fundada pelo Irmão André, em 1955. Hoje, atua em mais de 60 países apoiando cristãos perseguidos por causa da fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2024 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco